domingo, 30 de dezembro de 2012

"Se vale a pena" com Joana Afonso





BD publicada nas edições de Novembro e Dezembro da Revista CAIS.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Prémios Profissionais de BD



"Imaginados e organizados por figuras ligadas à Banda Desenhada e ao jornalismo - André Oliveira (Zona), Inês Fonseca Santos (Câmara Clara), Maria José Pereira (Asa), Mário Freitas (Kingpin Books) e Nuno Amado (Leituras de BD) -, os novos PRÉMIOS PROFISSIONAIS DE BD são uma iniciativa que se pretende abrangente e dinamizadora e que não se esgote nos próprios Prémios, antes sendo uma montra e um motor permanente do que de melhor se faz da BD em Portugal.

Os PRÉMIOS PROFISSIONAIS DE BD distinguem-se por serem organizados por profissionais maioritariamente ligados à Banda Desenhada e envolvem o convite anual a um Grande Júri composto por 25 personalidades igualmente ligadas à BD, entre autores, jornalistas, divulgadores e investigadores. Caberá a esse Grande Júri a nomeação inicial das obras a concurso em cada categoria e a posterior votação dos vencedores em cada uma dessas categorias, que se centrarão em livros de autores portugueses de BD, publicados em Portugal durante o ano civil imediatamente anterior.

O período de avaliação das obras decorrerá até às nomeações em Março de 2013 e cada jurado é livre de nomear qualquer livro que se integre no regulamento dos Prémios, sem necessidade de qualquer exigência prévia às editoras de sugerirem ou submeterem obras a concurso. Estas, porém, serão convidadas a fornecer versões em PDF dos álbuns que desejem, para acesso privilegiado de cada jurado no site oficial dos Prémios.

O anúncio das obras nomeadas será feito em local público a divulgar, e a votação do Grande Júri decorrerá em seguida, com anúncio dos vencedores em cerimónia protocolar no Festival AniComics Lisboa 2013, a 11 de Maio, onde estará exposta uma selecção representativa das obras nomeadas, a repartir igualmente por livrarias e outros espaços que venham a aderir à iniciativa. Está já igualmente garantida a colaboração com a Bedeteca de Beja - assegurando-se a exposição ao público das obras vencedoras no Festival Internacional de BD de Beja, no final de Maio – e com o CNBDI, e consequentemente com o Amadora BD.

Durante as próximas semanas, serão divulgados mais detalhes e iniciativas ambiciosas relacionados com os PRÉMIOS PROFISSIONAIS DE BD."


Portanto, o mais recente projecto que abracei e algo em que acredito muito. 
Nos dias que correm, é forçoso haver sinergias e confluência de esforços e objectivos. 

Agora é trabalhar, trabalhar, trabalhar.
Espero verdadeiramente que esta iniciativa ajude a fazer a diferença para o futuro.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Aí está a Zona Desenha!



Este Sábado dia 3 de Novembro, por volta das 16 horas, será apresentada a Zona Desenha, a mais recente edição da antologia de banda desenhada da qual sou co-editor. Este novo número foi realizado no âmbito da Trienal Movimento Desenho DESENHA 2012 e é inteiramente dedicado a essa mesma temática. Foram convidados vinte autores a participar, entre emergentes, habituais na publicação e ainda outros mais conhecidos que nos deram o prazer de contar com a sua colaboração. Cada artista dispôs de quatro páginas para exprimir a sua relação com a arte e o papel do desenho na sua vida, através de uma BD original de duas pranchas e de uma entrevista.

A apresentação ocorrerá no Festival Internacional de BD da Amadora (vulgo FIBDA), no Fórum Luís de Camões e ficará a cargo de Mário Freitas, autor e editor da Kingpin Books.

Estarão presentes os editores e muitos dos autores participantes. E como nunca é demais divulgar a lista, aqui vai:

André Caetano

André Lima Araújo
António Valjean
Carla Rodrigues
Carlos Páscoa

Fil
Filipe Andrade
Joana Afonso
Jorge Coelho
Luís Figueiredo
Manuel Alves
Miguel Santos
Osvaldo Medina
Pedro Carvalho
Ricardo Reis
Ricardo Venâncio
Richard Câmara
Rui Alex
Rui Lacas
Xico Santos

Seguem mais algumas imagens para aguçar a curiosidade...



A capa de Carlos Páscoa



Uma das pranchas da BD de André Lima Araújo



Uma das páginas dedicadas a Pedro Carvalho



Uma das páginas dedicadas a Filipe Andrade

Uma das pranchas da BD de Carla Rodrigues


Não faltam boas razões para ir!
NO SÁBADO, TODOS AO FIBDA.

domingo, 28 de outubro de 2012

"Passos de dança" com Pedro Ribeiro Ferreira




BD publicada na edição de Outubro da Revista CAIS.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

"This is um país do catano!" com Ana Oliveira





BD publicada na edição de Setembro da Revista CAIS.

"Isto não é o México..." com Pedro Carvalho



BD publicada na edição de Julho/Agosto da Revista CAIS.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Exposição The Lisbon Studio

Fica o convite para a exposição do The Lisbon Studio, colectivo do qual faço parte. É já de amanhã a oito e estão todos convidados. ;)


sexta-feira, 27 de julho de 2012

BD AO FORTE

 
De 15 de Outubro a 15 de Dezembro ocorrerá a primeira edição da Trienal Movimento Desenho DESENHA 12 (http://www.trienalmovimento.org/). Trata-se de um evento partilhado por dezenas de instituições que apresentarão iniciativas acerca da temática do desenho nas suas mais variadas vertentes e abordagens. O universo da banda desenhada estará representado sobretudo através da iniciativa "BD ao Forte" que terá lugar no Forte do Bom Sucesso em Belém, durante os dois meses do festival. No fundo, será um conjunto de actividades para promover e divulgar a BD no nosso país. Tal como a Trienal em si, esta plataforma é ainda um piloto, mas é possível que se mantenha no futuro se obtiver uma adesão aceitável. Além de exposições, o programa incluirá workshops e apresentações de projectos (podem ser livros, fanzines, webzines, ou outros).

Os interessados (formadores, editores, autores, etc.) devem contactar o seguinte e-mail para iniciar conversações com vista a elaborar o programa final:

oficina.bd@gmail.com

domingo, 22 de julho de 2012

"Sempre o mesmo" com Paula Almeida



BD publicada na edição de Junho da Revista CAIS.



terça-feira, 15 de maio de 2012

VIII Festival Internacional de BD de Beja



Porque o Festival de Beja é um evento que me é muito querido desde a primeira vez que o visitei. Porque o fim-de-semana em que tem início passou a ser, desde há uns anos para cá, uma das minhas alturas preferidas do ano: dois dias em que posso conhecer melhor o universo da banda desenhada nacional e estrangeira, estar com amigos que não vejo todos os dias e conhecer pessoas que partilham dos mesmos interesses. Porque é um festival organizado por gente que admiro como autores e como pessoas... O que torna ainda mais especial esta distinção.


No certame deste ano, o Festival de Beja terá uma vez mais um programa recheado e uma oferta variada. Um dos pontos desse programa é uma exposição individual minha, focada no meu trabalho como argumentista de BD.


Apesar de achar que não mereço (não é falsa modéstia, acho mesmo que não mereço mas enfim...) fico muito feliz por ser no festival que é e só espero que não desiluda...


Quero deixar apenas uma nota antes de passar a divulgar o descritivo das exposições...

Vivemos tempos complicados no país e no mundo, não é novidade para ninguém. Neste país, a cultura tem sido maltratada (muito maltratada!) tendo nós chegado a um ponto em que nem um Ministério desse pelouro já temos e não sei se voltaremos a ter num futuro que se adivinha cada vez mais negro. Corremos sérios riscos ao desprezá-la deste modo e receio que ainda vamos pagar bem caro esta escala de prioridades. O que quero dizer é que em Portugal existem muito poucos festivais de BD, sendo os mais significativos o da Amadora e o de Beja (o MAB vai com certeza melhorar com o tempo se continuar e o Anicomics só não está na lista porque não é específico de BD embora também seja um dos seus pontos fortes - de resto está inequivocamente em grande e este ano correu muito bem felizmente). O Festival Internacional de BD de Beja tem vindo a ganhar força de ano para ano e é apreciado por aqueles que o visitam. Na comunidade de autores, editores e livreiros que se deslocam ao Baixo Alentejo todos os anos para participar na festa, arrisco mesmo dizer que é adorado por todos. Este ano, o Festival só vai realizar-se porque as pessoas que o organizam não são deste mundo e se importam verdadeiramente pelo futuro da banda desenhada e da cultura em Portugal. Assim, o meu maior desejo era que houvesse uma enchente inédita em Beja este ano, a maior de sempre. Quem costuma ir que vá e que traga amigos que nunca foram... Que os amigos levem amigos. Isto para que os governantes vejam que nós queremos que aquilo exista e receba todo o apoio possível. Trocava mil exposições por esse desejo...




VIII FESTIVAL INTERNACIONAL

DE BANDA DESENHADA DE BEJA

DE 26 DE MAIO A 10 DE JUNHO




Entre os dias 26 de Maio e 10 de Junho Beja volta a fazer uma grande festa em torno da Banda Desenhada, reunindo originais de autores do Mundo inteiro. O Festival inaugura dia 26, sábado, às 15h00, na Casa da Cultura. A Programação no primeiro dia prolonga-se até às 3h30 da manhã. Em breve daremos mais notícias. Por enquanto aqui vos deixamos as exposições…





EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:



 


ANDRÉ OLIVEIRA (Portugal)



 


CARLA RODRIGUES (Portugal)



 


DE BEJA A ANGOULÊME - 18 HORAS DE COMBOIO (Portugal) - Exposição de Fotografia de Francisco Paixão





JÚLIO SHIMAMOTO - O SAMURAI DOS QUADRINHOS (Brasil)





MARIA JOÃO WORM (Portugal)





PEPEDELREY (Portugal)







EXPOSIÇÕES COLECTIVAS:



 


TRAÇOS COMUNS: ARTE ORIGINAL DA COLECÇÃO DE DOMINGOS ISABELINHO

Com Al Columbia (Estados Unidos), Al Smith (Estados Unidos), Alberto Breccia (Uruguai), Aristophane (França), Arturo del Castillo (Chile), Barron Storey (Estados Unidos), Bud Fisher (Estados Unidos), Carl Barks (Estados Unidos), Carlos Roume (Argentina) /Héctor Germán Oesterheld (Argentina), Chester Brown (Canadá), Chris Ware (Estados Unidos), Clare Briggs (Estados Unidos), Dave McKean (Reino Unido), David Wright (Reino Unido), Eddie Campbell (Reino Unido), Eddie Campbell (Reino Unido) / Alan Moore (Reino Unido), Frank Godwin (Estados Unidos), Fred (França), George McManus (Estados Unidos), Guido Buzzelli (Itália), Hal Foster (Canadá), Jaime Hernandez (Estados Unidos), Joe Matt (Estados Unidos), José Luis Salinas (Argentina) / Rod Reed (Estados Unidos), Kyle Baker (Estados Unidos), Tony Weare (Reino Unido) e Tony Weare (Reino Unido) / James Edgar (Reino Unido).



 



CORTO MALTESE NO SÉCULO XXI (Portugal) - Exposição do fanzine Efeméride, de Geraldes Lino

Com Alice Geirinhas, Álvaro, Ana Madureira, André Ruivo, Andreia Rechena, Arlindo Fagundes, Carlos Páscoa, Carlos Zíngaro, Daniel Lopes, David Campos, Miguel Falcato, Ricardo Ferrand, Filipe Abranches, JCoelho (Des.) / David Soares (Arg.), J. Mascarenhas, Joana Afonso, João Chambel, João Sequeira (Des.) / Luís Pedro Cruz (Arg.), José Lopes, José Pedro Costa, João Lam, Luís Guerreiro, Machado-Dias, Marco Mendes, Maria João Careto, Mota, Nazaré Álvares, Nuno Saraiva, Paulo Monteiro, Pedro Massano, Pedro Nogueira, Pepedelrey, Regina Pessoa, Renato Abreu, Ricardo Cabral, Ricardo Cabrita, Ricardo Santos, Roberto Macedo Alves, Rui Pimentel, Susa Monteiro, Tiago Baptista, Vasco Gargalo e Victor Mesquita.





ORIGINAIS E SERIGRAFIAS DA BEDETECA DE BEJA (Vários países)

Com Alberto Vázquez (Espanha), Alexander Zograf (Sérvia), Andrea Bruno (Itália), André Caetano (Portugal), Artur Correia (Portugal), Carlos Rocha (Portugal), Craig Thompson (Estados Unidos da América), Dave McKean (Reino Unido), David B. (França), David Rubín (Espanha), Fabio Civitelli (Itália), Fábio Moon (Brasil), Fernando Gonsales (Brasil), Fernando Relvas (Portugal), Fritz (Espanha), Gabriel Bá (Brasil), Gary Erskine (Reino Unido), Gisela Martins (Portugal) / Sara Ferreira (Portugal), Hermann (Bélgica), Hypollite (França), Jakob Klemencic (Eslovénia), João Lam (Portugal), José Manuel Saraiva (Portugal), Lourenço Mutarelli (Brasil), Loustal (França), Martin tom Dieck (Alemanha), Maria João Careto (Portugal) / André Oliveira (Portugal), Max (Espanha), Miguel Rocha (Portugal), Niko Henrichon (Canadá), Rufus Dayglo (Reino Unido), Susa Monteiro (Portugal), Ulf K. (Alemanha), Véte (Portugal) e Zé Francisco (Portugal).







MOSTRAS:



 


DIOGO CARVALHO (Portugal) – Obscurum Nocturnus





RUI LACAS (Portugal) – Han Solo
























ELISEU GOUVEIA (Portugal) 

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Apresentação Zona Nippon 1 no Espaço Leya


Amigos, para quem não conseguiu ir ao Anicomics este fim-de-semana, a Zona Nippon 1 será apresentada esta quinta-feira dia 10 às 19h no Espaço Leya da Livraria Buchholz (rua Duque de Palmela nº4 - perto da rotunda do Marquês do Pombal). Haverá ainda espaço para falarmos de Leporidae da ilustradora Cari, publicado pela Associação Tentáculo. Serão todos muito bem-vindos!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Zona Nippon 1 muito em breve!


Ora bem, depois de um interregno de alguns meses a Zona está de volta com a primeira das quatro edições que esperamos lançar este ano. A Zona Nippon 1 dá início a uma série que terá o oriente asiático como inspiração. Este universo gráfico está presente no imaginário de muitos de nós, apaixonados por BD e ilustração. Assim, uma edição deste género já se exigia há muito, entre os colaboradores do projecto Zona.

Este novo número será apresentado no evento Anicomics Lisboa, na Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro em Telheiras, dia 5 de Maio. Terá 98 páginas a preto e branco, a capa é do ilustrador João Vasco Leal e o interior conta com uma entrevista a Carlos Páscoa.

Cada vez mais é preciso apoiar a cultura nacional e valorizar quem organiza eventos, quem dá visibilidade a projectos, quem tem ideias e as materializa seja em que superfície for... Por isso, gostaria muito de ver o Anicomics cheio de gente e a apresentação da Zona também muito concorrida. É possível? ;)

terça-feira, 17 de abril de 2012

terça-feira, 10 de abril de 2012

quarta-feira, 28 de março de 2012

"Animália, Paris Je t'aime" agora em motioncomic!




Pois é, apeteceu-nos fazer uma brincadeira. Pegámos na BD Animália, Paris Je t'aime, argumento meu e desenhos do Pedro Carvalho, juntámos os skills de animação da Joana Varandas e criámos esta curta em motioncomic! Just for fun.

Seguem a sinopse e os créditos:

O que aconteceria se os grandes monstros da música do passado fossem realmente... MONSTROS? Provavelmente nada porque a ideia é absurda. Mas ainda assim podemos imaginar.

Fruto da colaboração entre o argumentista André Oliveira e o desenhador Pedro Carvalho, "Animália -- Paris Je t'aime" é originalmente uma banda desenhada que imagina, com bastante demência, uma noite fatídica na vida da fadista Amália Rodrigues, capaz de destruir toda a sua carreira... E também Paris. Transformada agora em motioncomic por Joana Varandas, Amália revive a sua desventura, não no papel, mas no ecrã, numa amálgama divertida de destruição, pancadaria e baguetes disparadas por aviões de combate.

A banda desenhada original foi publicada na revista Zona Monstra, uma das edições de 2011 do projecto Zona.

Fontes Áudio: http://www.freesound.org - Efeitos http://freeplaymusic.com/ - Banda sonora http://www.jamendo.com - Opus Vertigo - "No Regret" (Versão livre para uso comercial de "Rien de Rien" de Édith Piaf) http://www.youtube.com/watch?v=wyz_2DEah4o -- The A-Team Tune (Excerto) Excerto de "No Regret" utilizado sob licença: http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

SOHEI em produção

video

É já oficial que eu e o Pedro Carvalho estamos a trabalhar num novo projecto de BD que em pouco tem a ver com as nossas colaborações anteriores. Quer dizer, mantém a generosa dose de patetice que nos caracteriza mas desta vez, no lugar de uma história curta, temos uma saga de 7 volumes. Mais coisa menos coisa.

Neste momento está em produção o primeiro tomo, o segundo capítulo da saga. Não é original optar por não começar logo nas origens mas ainda assim fez-nos sentido fazer assm. O nome do projecto é SOHEI e para quem não sabe significa "monge-samurai". Portanto, a narrativa passa-se num Japão feudal que, aviso já, não é 100% correcto do ponto de vista histórico... eheh

Bom, vamos falando disto as poucos. A nossa ideia é acabar primeiro o livro e depois seduzir uma editora... Isto de uma perspectiva cultural, claro. Nada de erotismos.

Entretanto, aqui fica o vídeo que o Pedro fez por não poder estar presente na cerimónia da entrega dos IX Troféus Central Comics, onde foi pela primeira vez apresentado o projecto. Enjoy!